A evolução do mercado e as novas gerações fizeram com que as empresas precisassem mudar seu modelo de contratação e retenção de talentos. Foi a partir disso que surgiu o conceito carreira em Y.

Mas qual o significado disso para o RH das empresas? Quais as vantagens desse modelo de carreira? E o perfil de quem opta por ela? As respostas para essas e outras perguntas você descobrirá no artigo de hoje! Confira!

O surgimento da carreira em Y

As pessoas são motivadas por diferentes coisas dentro de uma profissão. Algumas estão focadas em fazer o que amam, independentemente de isso significar grandes salários. Outras estão focadas em ganhar muito dinheiro. Enquanto existem aquelas que estão procurando reconhecimento e liderar equipes.

A carreira em Y é justamente focada nas pessoas que buscam um caminho diferente do tradicional. É basicamente, para aqueles profissionais que desejam ser especialistas, ascender na carreira mas sem um cargo gerencial. Ela foge daquele modelo tradicional, onde o colaborador que queria crescer deveria se tornar gestor.

A importância de adotar esse modelo para a empresa

A contratação de um funcionário é algo que exige dedicação por parte da empresa. Isso porque ela precisa identificar alguém bom para ocupar o cargo, que atenda às expectativas. Além disso, ela precisa investir nele, no seu desenvolvimento, treinando-o para exercer as funções de maneira proativa.

O que a empresa precisa pensar é na necessidade de atender uma demanda que as gerações Y e Z têm exigido como profissionais, ambientes propícios para o crescimento, sem que isso signifique se tornar chefe. Por isso, a carreira em Y merece uma atenção especial.

Isso traz um grande benefício para a empresa: a possibilidade de contar com especialista em seu quadro de funcionários. Algo que ainda é difícil no nosso país, já que muitas organizações não promovem igualdade entre gestores e especialistas, deixando esses últimos em desvantagem.

Identificando um profissional com perfil para carreira em Y

Geralmente, a nova geração tem buscado o incentivo maior para as especializações. Eles acreditam (podemos até mesmo dizer que é uma realidade) que o desenvolvimento do trabalho e a capacidade de inovação aumentam consideravelmente.

Ou seja, o perfil de quem procura pela carreira em Y pode ser encontrado naqueles profissionais que desejam um plano de carreira ascendente, mas querem continuar desenvolvendo o seu próprio trabalho. Isso, sem necessariamente, ter que coordenar outros colaboradores.

Entre as características mais marcantes desses profissionais estão: alto interesse por pesquisa, especialização, maior autonomia na execução de projetos e solução de problemas. Para isso, é preciso que a empresa ofereça benefícios compatíveis com os cargos de gestão, valorizando o funcionário de acordo com o nível que ele alcança.

As vantagens trazidas para dentro da empresa

Além de ser uma excelente opção para quem deseja segui-la, a carreira em Y traz benefícios também para dentro das empresas. A seguir enumeramos alguns deles:

Aumento da competitividade

Em mundo globalizado, onde as pessoas têm acesso à informação rápida e inúmeras opções de escolha, uma empresa precisa se diferenciar para ser competitiva.

Os especialistas são grandes responsáveis por isso. Eles normalmente estão em constante desenvolvimento e aquisição de conhecimento, trazendo inovações para dentro da empresa, refletindo no que ela representa para os consumidores.

Retenção de talentos

Muitas pessoas que desejam uma carreira em Y e não encontram essa opção na empresa em que trabalham, não têm medo de buscar oportunidades fora. Por isso, se a organização oferece essa opção, além de garantir um especialista para empresa, é capaz de motivar os colaboradores, aumentando a produtividade e o nível de satisfação.

Fomentar a empresa tanto no mercado externo, quanto interno

Uma marca empregadora de sucesso é aquela que trabalha o branding tanto dentro, quanto fora da empresa. Logo, quando ela traz vantagens para os colaboradores isso se reflete na conquista de talentos para organização e motiva a maior qualificação, elevando o nome também diante dos consumidores.

Como você pôde ver ao longo do artigo, a carreira em Y é uma tendência que promete crescer entre as empresas nos próximos anos. Por isso, para se manter à frente da concorrência, é preciso investir na estratégia. Quer conhecer mais conteúdos como esse? Siga-nos nas redes sociais Facebook e LinkedIn!