Sem dúvidas, um dos grandes desafios atuais das empresas é reter talentos. Afinal, sem um capital humano de qualidade nenhuma instituição prospera.

Além do desejo de contar com os melhores profissionais do mercado, investir na retenção de talentos traz outras vantagens para uma empresa. Especialmente no que diz respeito ao retorno dos investimentos feitos em seleção, integração e capacitação de colaboradores.

Transmitir os valores e a cultura da empresa para um funcionário, depois orientar sobre todos os processos, é algo que despende bastante investimento de tempo e de dinheiro. Então, é desejável sob diversos aspectos que o talento passe mais tempo na empresa.

Mas, em tempos em que a geração Y representa a maior força de trabalho, a rotatividade é crescente e a empresa que quer manter estes profissionais tão requisitados precisa se dedicar.

Desafio, envolvimento, clareza, reconhecimento e oportunidade são os principais itens para mantê-los motivados e dispostos a fazer seu melhor pela instituição.

E, neste post, vamos abordar 6 caminhos para adicionar todos estes ingredientes, conseguindo conquistar um clima organizacional mais atrativo e impulsionar sua empresa para reter talentos.

1 – Tenha uma causa

Várias são as motivações que um profissional pode ter, mas, cada vez mais, as pessoas estão buscando o engajamento com uma causa. Ou seja, o colaborador precisa ter algo para justificar seus esforços, uma luta, uma razão maior.

Somente desta forma, ele se dedicará ao máximo, entregando mais engajamento.

2 – Melhore o clima e o ambiente

Crie ações para tornar o ambiente de trabalho mais amistoso, como confraternizações, atividades esportivas e terapêuticas, entre muitas outras opções.

Vale também investir no espaço físico, disponibilizando uma área de lazer, criando uma decoração mais atraente ou mesmo incentivando o colaborador a trazer objetos pessoais para deixar o local mais acolhedor. Isso contribuirá de maneira significativa para reter talentos no negócio.

3 – Invista na comunicação

Muitas vezes, os gestores subestimam o poder da comunicação interna ou retêm informações demais. No entanto, o melhor que podem fazer é compartilhá-las. Os colaboradores querem se sentir parte e informados sobre o que fazem na empresa, por que fazem e o que a empresa espera dele.

Além dos e-mails e reuniões regulares com sua equipe, estimule conversas e feedbacks individuais “cara a cara”.

Outra tendência está na criação da rede social corporativa que une as estratégias de comunicação com a facilidade e engajamento dos ambientes virtuais.

Contudo, está mais que comprovado que, embora o ambiente virtual ajude bastante alguns processos, ele deixa escapar sinais importantes para que você transmita as mensagens e conheça a sua equipe de forma mais aprofundada.

4 – Dê feedbacks para reter talentos

Deixe bem claro quais são os objetivos e as expectativas da empresa em relação ao colaborador.

Quando sua atuação for positiva, deve ser reconhecida com feedbacks regulares para que ele saiba que fez um bom trabalho e continue neste sentido. Veja neste artigo 7 dicas para fazer isso de forma efetiva.

Quando existirem pontos de melhora, eles também devem ser abordados pelo gestor em conversas diretas com o colaborador, dando a ele a chance de se aperfeiçoar e fazer mais pela empresa sem criar situações constrangedoras.

5 – Recompense com critérios

Estabeleça métricas de desempenho para avaliar a contribuição de um funcionário e reconheça quando elas forem atingidas. Além do reconhecimento público, a empresa pode oferecer prêmios, aumento salarial ou bônus monetários, conforme as suas possibilidades.

O importante é ficar atento ao que a equipe da sua empresa valoriza como recompensa. Em alguns casos a recompensa apenas financeira não é tão valorizada como outras ações. Por este motivo, fique sempre atento as características dos seus colaboradores para entregar as melhores recompensas.

6 – Dê oportunidades de crescimento

Para que o profissional se sinta motivado a permanecer na empresa, dê a ele novos desafios e oportunidades.

Analise a possibilidade de promover aquele colaborador que se destacou e verifique se é preciso fazer alguma nova contratação (valorize os seus colaboradores nos processos seletivos!).

Quando a empresa quiser promover um desafio profissional maior a algum membro da equipe mas não tiver condições de aumentar seu salário, pode recompensá-lo de outra forma. Um exemplo é conceder maior autonomia ou permitir um horário de trabalho mais flexível. E claro, sempre amparado por um PDI (Plano de Desenvolvimento Individual) para que esse colaborador seja preparado e se sinta confortável para os desafios.

Essas são apenas algumas das formas de reter talentos na sua empresa. Se você quiser continuar recebendo conteúdos nossas publicações, assine nossa newsletter logo abaixo e tenha acesso a conteúdos relacionados à gestão de talentos.

Aproveite e faça download de um eBook gratuito sobre como obter ROI na gestão de recursos humanos e descubra novas formas de melhorar o retorno do capital investido em pessoas.