O RH digital transformou a maneira como o departamento de pessoal atua nas empresas. Em um mundo moderno onde as pessoas mudam constantemente as suas demandas, as empresas precisam rever a forma como estão organizadas e conduzem a gestão.

Como o RH é o responsável pelos profissionais, que são os principais agentes de transformação, ele precisa estar em constante acompanhamento das novidades.

Por isso, no artigo de hoje trouxemos uma discussão sobre o impacto que o mundo digital tem tido nesse setor e como ele tem se adaptado às mudanças. Confira!

O uso de dados na gestão de pessoas

Um dos maiores impactos do RH digital foi o uso de dados no planejamento estratégico do setor.

Aqui é possível destacar a introdução do People Analytics no RH, que consiste em coletar, compilar e analisar comportamentos dos funcionários e, a partir disso, tornar os profissionais mais engajados, motivados e produtivos.

A aplicação dessa tecnologia no dia a dia do RH permitiu a ele fazer contratações mais eficazes e alinhadas com as expectativas das empresas, mas também trabalhar melhores maneiras de desenvolver os profissionais.

Isso quer dizer que os programas de treinamento, bem como a concessão de benefícios aos colaboradores, passaram a ser mais eficazes, ajudando a organização a reter melhor os talentos.

A automatização estratégica por meio do RH digital

Há alguns anos, a automatização de tarefas era algo difícil. Se fosse relacionada às estratégias, era impensável. O fato é que, com o RH digital, muita coisa mudou, entre elas a forma como os profissionais alocados dentro das empresas lidam com o trabalho, principalmente o departamento de pessoal.

Para os líderes de RH, a automação pode ser bastante útil na hora de oferecer o valor estratégico do negócio.

Isso porque com um clique, ele consegue ter dados advindos de diferentes fontes sobre os colaboradores, desempenho respectivo na empresa e fluxo de trabalho.

Alguns programas, inclusive, já identificam tendências e incoerências, cabendo ao profissional de RH apenas tomar a decisão, visto que todo o processo de coleta de dados já foi feito e os resultados são automatizados.

A inserção de diferentes tecnologias no dia a dia e a sinergia entre elas

Segundo Laurent Geoffroy, vice-presidente de HR Transformation na Alcatel-Lucent, em entrevista à Accenture, consultoria global de gestão, a experiência dos funcionários é o critério mais importante na hora de o RH tomar as suas decisões. E essa experiência pode vir de diferentes tecnologias do dia a dia dos funcionários.

Aqui podemos citar desde os dispositivos móveis até os softwares de trabalho armazenados na nuvem. Segundo uma pesquisa da Deloitte, 72% das empresas acreditam que essa transformação digital seja imprescindível para as organizações. E de fato é.

A ideia do RH digital é que os colaboradores do setor tenham à disposição plataformas integradas que permitam comunicação, recrutamento, análise individual de cumprimento de metas, entre outros usos de maneira alinhada.

Isso tem evoluído dia após dia, tanto é que hoje a precisão e o alinhamento de profissionais dentro da empresa cresceram consideravelmente.

A era do RH digital tem permitido uma série de mudanças no que diz respeito à gestão de pessoas.

Afinal, antes de qualquer transformação chegar aos setores, ela passa primeiro pelo RH, que precisa alinhá-la para que de fato seja eficaz, fazendo com que o negócio atinja os resultados esperados.

E então, o que achou deste artigo?

Se você quiser se aprofundar no conceito de RH digital, você pode conferir este outro artigo sobre a transformação digital do RH nos últimos anos. Boa leitura!