A maioria das empresas entende a importância de bons gerentes para o negócio. Porém, poucas preocupam-se em treinar seus gerentes para desempenhar este papel e melhorar o engajamento dos funcionários.

Pesquisas recentes realizadas pela Gallup, empresa de pesquisa norte americana, demonstram que o engajamento de funcionários com o negócio pode ter uma influência de até 70% por parte de sua liderança. Por outro lado, a mesma pesquisa mostra que 70% dos lideres de equipe não estão preparados para isso.

Neste post a Impulse vai te mostrar como o engajamento de funcionários depende da liderança.

1 – Liderança por exemplo e alocação de trabalho

Subordinados que tem gerentes lado a lado no dia-a-dia do negócio tem uma tendência de serem 5% mais engajados. Além disso, esses mesmos funcionários trabalham 19% mais horas efetivas.

Isso fica muito mais evidente quando verifica-se os dados da alocação de trabalho por parte dos gerentes. Funcionários que trabalham mais que seus colegas tendem a demonstrar 33% menos engajamento.

Percebe-se, assim, que, além de estar presente no dia-a-dia um bom gerente deve saber dividir a carga de trabalho entre a equipe para garantir maior engajamento de todos e melhores resultados.

liderança

2 – Bons gerentes possuem boa rede de relacionamento dentro da empresa

Uma equipe apoia-se na orientação de seu líder para desempenhar seus papéis, isso inclui o relacionamento com outras áreas da empresa que afetam o trabalho de seu time.

O engajamento de equipes com gerentes com uma rede de relacionamento interna maior que a de seus subordinados é 5% maior que em outras situações. Um dado alarmante é que, quando subordinados possuem um networking interno 110% maior que seu líder, esse funcionário tende a ser 50% menos engajado.

Uma curiosidade é que, equipes que possuem um gerente com boa rede de contatos internos possuem uma rede maior em 85% que outros funcionários.

Isso mostra a importância de incentivar o networking interno e certificar sempre que funcionários em posição de liderança tenham essa habilidade desenvolvida. Uma ótima forma de desenvolver habilidades nos colaboradores é através do e-learning.

3 – Interação um a um é essencial para o engajamento

A interação um a um é vital para o desenvolvimento de profissionais e do negócio. Porém, isso está também, extremamente relacionado com o engajamento individual.

Gerentes que passam cerca de 30 minutos a cada 3 semanas com cada funcionário de sua equipe, refletiu em um engajamento maior desta. Por outro lado, dentro de uma mesma equipe, funcionários que passam duas vezes mais tempo um a um com seus chefes, são cerca de 67% menos engajados.

Aqui vemos a importância do tempo que líderes passam com seus funcionários e como o feedback individual é importante para o engajamento geral da equipe. Veja mais sobre o assunto neste post.

Após esses dados é fácil constatar o impacto que os líderes possuem no engajamento de suas equipes e como isso pode afetar o negócio. Uma excelente forma de melhorar o engajamento das equipes é desenvolver o engajamento de seus líderes e sua habilidade de repassar isso aos membros do seu time.

Quer saber mais como a Impulse pode te ajudar a fazer isso? Entre em contato conosco aqui ou comente neste post.