O profissional de RH é uma das peças-chave mais importantes de uma organização. O fato de lidar com a conjuntura mais complexa de uma empresa, no caso a gestão pessoas, faz com que a necessidade de aperfeiçoamento seja constante e um conjunto de habilidades seja requerido.

Pensando nisso, o artigo de hoje focará nas principais competências do profissional de RH na atualidade. Continue a leitura e descubra as habilidades essenciais que os grandes gestores têm e são essenciais para o desenvolvimento do negócio!

1. Gerenciamento de riscos

A visão de negócio de um profissional de RH é essencial para prever o futuro. Mas como nem tudo pode ser medido, é preciso ter um planejamento, organização e controle dos recursos visando a minimização e administração das incertezas dentro da empresa.

O gerenciamento de riscos deve atender a uma série de diretrizes, por isso, a importância do profissional de RH saber exatamente como agir nesses casos. Além de basear em informações concretas e de qualidade, ele precisa entender como reverter a situação para que ela se torne positiva e possibilite uma real melhoria no negócio.

2. Pensamento globalizado

O pensamento globalizado não deve se restringir apenas aos profissionais de multinacionais. A habilidade de pensar sempre à frente e entender o mercado de maneira ampla é crucial para o sucesso na área de RH.

Afinal, estamos falando sobre cargos que lidam diretamente com um dos ativos mais importantes de uma empresa: os seus colaboradores. Ter uma visão global ajudará a motivar os grupos a desenvolverem melhor o seu potencial para um mercado que está cada vez mais exigente quanto à qualificação.

3. Flexibilidade

Antes os melhores trabalhadores eram reconhecidos pelo alto comprometimento com a empresa, por sempre estarem presente fisicamente no local. O comprometimento não mudou, mas hoje, o profissional de RH deve estar focado em ser mais flexível em relação ao regime de trabalho.

Segundo o Kantar, a flexibilidade, por exemplo, ajuda as mães a voltarem aos seus locais de trabalho. Além disso, essa medida auxilia as empresas a conquistarem um posicionamento favorável na lista de melhores lugares para se trabalhar.

Inclusive, o profissional de RH que tem essa competência consegue administrar melhor o processo de tomada de decisões sobre a gestão de pessoas, adaptando os benefícios às necessidades do grupo.

4. Excelente comunicação

Nenhuma habilidade de fato se destacará se o profissional de RH não tiver como característica principal uma excelente comunicação. É por meio dela que ele conseguirá liderar melhor a equipe, definir os objetivos (distribuindo as tarefas para cada indivíduo), além de passar conhecimento no momento da qualificação.

Enfim, aquele profissional de RH que quer um lugar no topo das organizações precisa estar atento ao uso da comunicação no dia a dia. Ele precisa ter a capacidade de controlar e coordenar os funcionários e o trabalho desenvolvido por eles de maneira eficaz por meio de um diálogo claro.

5. Alta qualificação

A educação continuada é algo imprescindível dentro das empresas. Para competir com as organizações de alta performance, é preciso saber exatamente em quais pontos a empresa pode (e deve) melhorar, o que só é possível quando se tem um amplo conhecimento da área de atuação.

Além da necessidade de alta qualificação por parte do profissional de RH, ele precisa saber como levar isso para a equipe, ajudando-a no processo de alinhamento entre os objetivos da empresa e também no dos funcionários.

Na maioria das vezes o profissional de RH representa a voz da empresa. Por isso, ele precisa reunir o máximo possível de habilidades interpessoais e técnicas para desenvolver um trabalho de excelência.

Se você gostou do nosso artigo e quer aprender mais sobre a gestão de pessoas, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber conteúdos diretamente no seu e-mail!